Buscar
  • Prêmio Book Brasil

Prêmio Book Brasil: Como foi a primeira edição?

Atualizado: 13 de Out de 2020

A primeira edição aconteceu em janeiro de 2020 com a abertura do edital. As inscrições foram realizadas por e-mail e exigiam que as obras inscritas estivessem sido lançadas no ano de 2019. No ato da inscrição os candidatos estavam cientes do envio de doações para a instituição beneficiada. Cada item doado deu direito ao inscrito à escolher uma categoria que se encaixasse em sua obra. Se alguém doou um livro e uma caixa de lápis de cor, por exemplo, tinha direito a participar em duas categorias, desde que sua obra se encaixasse em tais.

De início, foram lançadas vinte categorias, sendo elas: Romance de Época, Romance Contemporâneo, Não-Ficção, Fantasia, LGBTQI+, Infantil, Infanto-Juvenil, Poesia, Crônica, Hot, Terror e Suspense, E-book Conto, E-book Fantasia, E-book Romance, E-book Hot, Destaque Wattpad, Capa do ano, Autor(a) Revelação, Autor(a) do Ano e Melhor Livro Nacional. Dessas, dezessete foram preenchidas e concorreram no mês de fevereiro sob votação popular disponibilizada por um formulário on-line.

As obras enviadas, digitais e físicas, foram analisadas segundo as regras do edital, por Marcos de Sá e Adriano Silva (sem ainda contar com a bancada de leitura que está prevista para as próximas edições). Enquanto ocorriam as votações, com duração de 1 mês, as doações chegavam e eram apresentadas, uma por uma, no Instagram do Prêmio, disponíveis na seção ENTREGUES.

​Após concluído o período de votação deixamos à disposição do público as três obras mais votadas de cada categoria e, após uma semana revelamos os mais votados. Isso aconteceu no dia 28 de março de 2020 (já no período de isolamento social). Foram mais de 3.400 votos, 80 obras concorrendo e 62 autores participantes.

Com um grande número de doações recebidas, no dia 9  de março, realizamos no Instituto Katiana Pena em Fortaleza (CE), um momento de leitura, contação de histórias e a entrega das doações para mais de 150 crianças e adolescentes carentes da periferia do Bom Jardim. O restante dos livros foram encaminhado para o Projeto Periferia Que Lê, que também é uma extensão do Prêmio Book Brasil.

Apesar dos desafios de não termos tido uma bancada técnica e patrocínio, o Prêmio Book Brasil aconteceu com o apoio de cada inscrito, que foram os grandes propulsores desse projeto. Como gratificação, receberam um certificado além do apoio de nossas mídias sobre suas obras e entrevistas. Tudo disponível na rede social Instagram.

Alguns dos participantes e outros profissionais da área literária, acreditando no potencial desse Prêmio, se agregaram voluntariamente à nossa equipe técnica. Com isso, o Prêmio Book Brasil se fortalece para crescer a cada ano alcançando o maior número de pessoas possíveis. Levando a leitura a lugares escassos dela, além de continuar valorizando a nossa literatura, que é brasileira.



15 visualizações0 comentário

©2020 por Prêmio Book Brasil. Orgulhosamente criado com Wix.com